Cida

É uma vida e tanto. Acordar cedo, por volta das 7 da manhã. Preparar um café aguado e lavar as roupas do meu filho. Acostumei-o assim. Mimado, despreocupado, porco. Culpa minha mesmo, é meu mais novo. Perto das oito a moça que mora aqui deve acordar. Sem nem falar bom dia, vai direto ao banheiro, onde toma seu banho na água gelada. Eu não sei o que ela come, provavelmente sanduíches e iogurte, as únicas coisas que estão na sua parte da geladeira.

Saio para trabalhar por volta de 8 e meia. Trabalho numa loja de R$1,99, e estou cansada de lá. Mas é a vida, eu não estudei, não tive um bom casamento e preciso sustentar a casa. Quando ficar mais velha, vou viajar, igualzinha às velhas que vêm aqui só pra incomodar. Quando eu ficar velha, de certo vou resolver viver.

Já vi funcionárias morrerem aqui por causa de cirurgias nos dentes. Não viajo há mais de 20 anos. Nem até Itajaí eu vou. Tenho problema na coluna, então eu não gosto muito de sair. E trabalho demais.

Quando chego em casa, a primeira coisa que faço é ligar a televisão. Eu não fumo, eu não bebo, mas realmente gosto de ver televisão. Durmo na sala, o barulho dos carros na avenida faz do meu quarto um inferno para dormir. E eu tenho sono leve. E essa casa é quente, mas eu não me importo.

Meu filho de vez em quando traz a namorada aqui. Converso com ela, uma menina simples. De certo casam daqui uns anos e lá se vai meu filho embora. Sofro de pressão alta, mas não nego que adoro comer miojo e seu molho com muito sal. Odeio cozinhar. Talvez por isso meu filho só goste de comer arroz e filé de frango.

Minha última paixão foi o Zé Bob da novela. Ai que lindo! E ver ele com a Donatella, torci tanto para os dois ficarem juntos no final. Novela das oito é o melhor momento do dia. Agora essa da Índia ainda não entendi muito bem, mas o Márcio Garcia é um homem bonito. Talvez supere o Zé.

Depois, tomo um banho, preparo a janta do filho e levo o colchão pra sala. A moça que mora aqui chega sempre tarde, só vem mesmo pra dormir e tomar banho. Assisto o Big Brother, escandalizada com tanta sem vergonhice. Amanhã é outro dia e eu preciso trabalhar.

Anúncios

Sobre Larissa Guerra

Jornalista e aprendiz de cozinheira. E-mail para: larissaguerra[@]uol[.]com[.]br
Esse post foi publicado em O discreto charme da quinta categoria e marcado , , , . Guardar link permanente.

4 respostas para Cida

  1. szabatura disse:

    Capote ficou com medinho de você. Sou sua fan number one. Tatuarei “Cissa poder para povo preto” no antebraço direito.

  2. Gustavo disse:

    vou imprimir isso e entregar para a “personagem”.

  3. Sagesse disse:

    Putz, adorei. Parabéns!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s